Panetone e o Natal.

Sim, sabemos que é um tanto quanto cedo para estarmos falando de panetone. Tradição do Natal, cresceu e ganhou papel de destaque nas comemorações de final de ano.

E como surgiu o panetone?

Apesar de algumas controvérsias, ele nasceu em Milão (Itália) e foi criado por um padeiro, chamado Toni, isso por volta de 1500.
Aliás, era conhecido por “Pão do Toni” e dai surgiu o nome.

Um pedaço de panetone cortado de lado.
Créditos imagem clique aqui.

O panetone nada mais é que um pão doce, com recheio de frutas cristalizadas.
Sua consistência é macia – resultado de uma fermentação natural – e seu sabor tem um leve toque de baunilha.

Não se sabe ao certo o porquê do Panetone ser consumido no Natal. Algumas lendas se formaram a respeito disso, mas a verdade é que todas elas não passam mesmo de lendas, o motivo ao certo nunca foi descoberto.

Os novos sabores.

Imagem de um panetone sabor chocolate negro, cheio de doces e um panetone de chocolate branco, com o mesmo recheio de doces.
Créditos imagem clique aqui.

Se antigamente, o recheio que prevalecia era o de frutas cristalizadas, hoje prevalecem muitos outros sabores.
Desse modo, o nome desse novo sabor: chocotone.
E não só isso, o Chocotone (que leva recheio de chocolate) ganhou o coração de muitos e, por isso, deixou o Panetone em segundo plano.

O Chocotone foi só o início, hoje em dia encontra-se o Panetone em mutos outros sabores. Alguns inusitados, inclusive.
Os sabores inusitados vão desde o recheio do doce de leite, do leite ninho e da Nutella até sabores salgados, como carne seca por exemplo.

——————————————————————————————————————–

E você? Já está preparado para o Natal? Que tal saborear uma deliciosa receita de Panetone? Separamos um vídeo super prático:

Já garantiu as formas para assar seu panetone? Não? Clique aqui e garanta a sua.

You May Also Like

About the Author: Regina Valadares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *